Segunda-feira, Maio 20, 2024

Top 5 This Week

Related Posts

ūüí¶ As Vantagens e Desvantagens da Aquicultura

pros e contras da aquacultura

[speaker]

Prós e Contras da Aquicultura

A cria√ß√£o de peixes em lagos √© uma pr√°tica antiga. As primeiras refer√™ncias conhecidas √† piscicultura de peixes de lago s√£o da China, h√° cerca de 4 000 anos, e da Mesopot√Ęmia, h√° cerca de 3 500 anos. A integra√ß√£o da piscicultura de tanque e da rizicultura est√° documentada asseveradamente como a Dinastia Han do M√©dio-Oriente (25-220 d.C.)na China.

A piscicultura foi praticada durante os tempos do Imp√©rio Romano na regi√£o mediterr√Ęnica e, mais tarde, passou a fazer parte do sistema de produ√ß√£o alimentar dos Mosteiros Crist√£os na Europa Central. Para fins estat√≠sticos, a aquicultura pode ser definida como a cria√ß√£o de organismos aqu√°ticos, incluindo peixes, moluscos, crust√°ceos e plantas aqu√°ticas. A aquicultura implica alguma forma de interven√ß√£o no processo de cria√ß√£o para melhorar a produ√ß√£o, bem como a propriedade das unidades populacionais cultivadas.


Índice


 

O que é aquacultura?

A aquicultura √© o processo controlado de cultivo de organismos aqu√°ticos, especialmente para consumo humano. √Č um conceito semelhante ao da agricultura, mas com peixe em vez de plantas ou gado. A aquicultura √© tamb√©m designada por piscicultura. Os produtos do mar que se encontram na mercearia local s√£o provavelmente rotulados como peixes de viveiro. A aquicultura pode acontecer em todo o mundo, e acontece: em √°guas costeiras do oceano, em tanques de √°gua doce e rios, e mesmo em terra, em tanques.

A aquicultura está muito mais próxima da agricultura e da criação de animais do que da pesca, uma vez que envolve a criação e a gestão de recursos aquáticos vivos num ambiente restrito. Mais do que a pesca ou a caça, que implicam a captura de peixes ou animais de um recurso de acesso aberto, ou comum, a aquicultura envolve a posse e a propriedade.

A posse de instala√ß√Ķes de produ√ß√£o e os direitos de propriedade dos produtos s√£o t√£o importantes para o √™xito da aquicultura como a posse da terra √© importante para a agricultura, tendo a aquicultura sido desenvolvida para servir uma variedade de objetivos.

A aquicultura foi desenvolvida para servir uma variedade de objetivos:

  • produzir alimentos de elevado valor nutritivo para consumo humano;
  • contribuir para o rendimento rural e o emprego atrav√©s da agricultura e atividades conexas;
  • melhorar a captura e a pesca desportiva;
  • cultivar esp√©cies ornamentais para fins est√©ticos;
  • controlar as ervas daninhas aqu√°ticas ou pragas perigosas para o homem, ou para as culturas;
  • dessalinizar e outras formas de recupera√ß√£o do solo.

 

Por que razão é importante?

Dado que a sobrepesca dos nossos oceanos e outros recursos naturais aumenta continuamente de ano para ano, os seres humanos necessitam de fontes alternativas de produtos do mar para alimentar a população sempre crescente do planeta. Infelizmente, os dias de produtividade natural dos oceanos para o planeta acabaram.

Os peixes selvagens t√™m sido explorados h√° gera√ß√Ķes. Alguns estimam que a captura anual de prote√≠nas marinhas comest√≠veis j√° ultrapassou o seu pico. Os oceanos n√£o podem naturalmente satisfazer a procura de produtos do mar. A aquicultura √© o instrumento para preencher a lacuna da oferta de produtos do mar. A cria√ß√£o de peixes de forma respons√°vel e sustent√°vel √© a solu√ß√£o para proporcionar √†s gera√ß√Ķes futuras o acesso a op√ß√Ķes proteicas saud√°veis e respeitadoras do ambiente.

A aquicultura não só é necessária como é também uma opção sustentável para os consumidores, especialmente em comparação com outras proteínas cultivadas. Os produtos do mar são altamente eficientes em termos de recursos Рtêm a maior retenção de proteínas em comparação com o frango, a carne de porco e a carne de bovino. Tem também a mais baixa taxa de conversão alimentar entre as mesmas formas de proteínas.

A aquicultura tem emiss√Ķes de gases com efeito de estufa inferiores √†s de outros tipos de cria√ß√£o.Com uma previs√£o de 10 mil milh√Ķes de pessoas a viver no planeta at√© 2050, a procura de prote√≠nas animais aumentar√° em 52%. As abordagens sustent√°veis e saud√°veis para alimentar o mundo s√£o mais cr√≠ticas do que nunca. A fim de alimentar de forma sustent√°vel a crescente popula√ß√£o mundial com uma prote√≠na magra e saud√°vel, o papel da aquicultura √© da maior import√Ęncia. A principal responsabilidade da aquicultura √© complementar eficazmente as op√ß√Ķes de pesca selvagem para aumentar a quantidade de produtos do mar dispon√≠veis em todo o mundo.

A aquicultura tem potencial para melhorar a sa√ļde do nosso planeta e a sa√ļde da nossa popula√ß√£o, desde que seja feita de uma forma que respeite o ambiente, seja socialmente respons√°vel e considere a seguran√ßa alimentar e o bem-estar animal.

 

Tipos de sistemas de aquicultura

Os sistemas aquícolas vão desde os muito extensivos, passando pelos semi-intensivos e altamente intensivos, até aos hiperintensivos.

Os sistemas também são diversos, por exemplo:

  • Sistemas baseados na √°gua (gaiolas e jaulas, inshore/offshore).
  • Sistemas baseados em terra (lagoas, sistemas de regadio ou de escoamento, tanques e pistas).
  • Sistemas de reciclagem (sistemas fechados de alto controlo, recircula√ß√£o mais aberta com base em tanques).
  • Sistemas de explora√ß√£o integrados (por exemplo, pecu√°ria, agricultura e piscicultura, aquicultura e tanques de irriga√ß√£o)

A aquicultura também se tornou controversa porque, apesar dos seus benefícios, também é criticada pelos seus inconvenientes. Vamos discutir alguns dos argumentos apresentados por apoiantes e críticos.

 


‚úĒÔłŹ Vejamos Agora as Vantagens Da Aquicultura ‚úĒÔłŹ


 

ūüĎć Vantagem: Fonte de Alimentos para Pessoas e Esp√©cies Marinhas

Os defensores da aquicultura consideram que esta prática é uma solução eficaz para satisfazer a procura crescente de produtos do mar e de outras espécies piscícolas. Com a aquicultura, os consumidores terão a garantia de um abastecimento alimentar contínuo. Além disso, esta prática passa a ser também a fonte de estabelecimentos alimentares e restaurantes que servem mariscos como camarão, amêijoas e salmão, entre outros. Além disso, algumas espécies de peixes são também cultivadas para serem alimentadas com espécies carnívoras de peixes.

 

ūüĎć Vantagem: Fonte de rendimento ‚Äď cria√ß√£o de empregos

Os apoiantes da aquacultura afirmam que isto dá meios de subsistência aos pescadores e a outras pessoas, uma vez que abre oportunidades de emprego. Os produtores de peixe utilizam normalmente tanques e jaulas de peixe que colocam no meio do oceano para a cultura do peixe. Há também produtores de peixe que se reproduzem em tanques e jaulas em lagos. O processo exige poder humano e, por conseguinte, dá oportunidades de emprego. Para os produtores, por outro lado, isto serve como fonte de rendimento, uma vez que os produtos do mar são muito procurados comercialmente e entregues não só localmente, mas também a outros países.

 

ūüĎć Vantagem: Ajuda a proteger as √°guas costeiras do desenvolvimento

A aquicultura tem normalmente lugar ao longo das linhas costeiras, porque mantém os custos baixos e cria pontos de acesso fáceis. Como efeito secundário, as espécies menos invasivas tendem a aproximar-se da costa quando existe uma operação de aquacultura, especialmente no que se refere às algas e moluscos.

 

ūüĎć Vantagem: Pode reduzir as press√Ķes sobre as popula√ß√Ķes locais

A gest√£o da biomassa tornou-se mais cr√≠tica do que nunca em certas zonas do mar. Alguns habitats foram pescados at√© √† extin√ß√£o em 90% e n√£o recuperaram em mais de uma d√©cada de gest√£o sem interven√ß√£o. Com a introdu√ß√£o da aquacultura na regi√£o, torna-se poss√≠vel reduzir as press√Ķes e potencialmente salvar um habitat ao longo do tempo e com a cria√ß√£o seletiva de ra√ßas.

 

ūüĎć Vantagem: Oportunidade de estudar h√°bitos e comportamentos

Muitas vezes sabemos mais sobre o espa√ßo exterior e o que acontece a milhares de milh√Ķes de anos-luz de dist√Ęncia do nosso planeta do que sabemos sobre a vida nos mares. A aquacultura d√°-nos uma forma f√°cil de estudar os padr√Ķes e h√°bitos da vida marinha para melhor compreender cada esp√©cie e como podemos apoi√°-la agora e no futuro.

 

ūüĎć Vantagem: Os ambientes interiores tamb√©m apoiam a aquicultura

Enquanto existir um recurso h√≠drico vi√°vel, como um rio ou um lago, h√° a possibilidade de estabelecer uma empresa de aquicultura. Isto d√°-nos todas as op√ß√Ķes para gerir um recurso de que tantos necessitam de forma vital.

 

ūüĎć Vantagem: Flexibilidade

Os defensores da aquicultura afirmam que as explora√ß√Ķes pisc√≠colas podem ser constru√≠das e estabelecidas em qualquer lugar onde haja corpo de √°gua. Para a aquicultura marinha, os tanques podem ser constru√≠dos e colocados no fundo do mar ou deixados pendurados em colunas, enquanto para a aquacultura de √°gua doce, os tanques e jaulas podem ser constru√≠dos em terra, bem como em lagos, rios e lagos artificiais.

 

ūüĎć Vantagem: Ajuda aos problemas de res√≠duos

Os apoiantes desta prática afirmam que a recirculação dos sistemas de aquacultura é também uma grande ajuda na redução, reutilização e reciclagem de resíduos saudáveis não só para as espécies de peixe cultivadas, mas também para o ambiente.


‚ĚĆ Vejamos Agora as Desvantagens Da Aquicultura ‚ĚĆ


 

ūüĎé Desvantagem: Propaga√ß√£o de Esp√©cies Invasoras

Os cr√≠ticos da aquacultura afirmam que, apesar das boas inten√ß√Ķes de cultivar peixes para consumo e aumentar a popula√ß√£o de peixes, tamb√©m pode levar ao aumento da popula√ß√£o de esp√©cies invasoras que s√£o prejudiciais para as outras esp√©cies marinhas, porque retiram o abastecimento alimentar aos peixes em estado selvagem. O peixe auxiliar, por exemplo, √© considerado uma amea√ßa para outras esp√©cies de √°gua doce, uma vez que se reproduzem mais rapidamente e competem com outros peixes para se alimentarem.

 

ūüĎé Desvantagem: Amea√ßa aos Ecossistemas Costeiros

Os opositores à prática da aquacultura argumentam que este método não contribui para a reciclagem dos resíduos, mas que, pelo contrário, é a sua causa. Um exemplo é o cultivo do salmão, que é feito em águas costeiras imaculadas. Isto resulta na poluição das massas de água, porque os resíduos de salmão descarregados são eliminados no meio aquático. Para a aquicultura marinha, por outro lado, resulta no afundamento de resíduos no fundo do mar que podem prejudicar as casas das espécies que aí vivem.

 

ūüĎé Desvantagem: √Č imprevis√≠vel

Tal como a maioria dos empreendimentos agrícolas, a aquicultura depende de certos fatores que estão fora do controlo humano para ser bem sucedida. Isto significa que o tempo, as doenças e até mesmo a caça aos predadores podem rapidamente causar danos ao empreendimento. Mesmo a presença de esforços de aquacultura concorrentes pode baixar os preços ou aumentar os custos para afetar a rentabilidade.

 

ūüĎé Desvantagem: Contaminam a √°gua e amea√ßam a sa√ļde

As pessoas que n√£o s√£o a favor da aquicultura e do consumo de peixe capturado com este m√©todo dizem que, uma vez que as pisciculturas podem ser constru√≠das basicamente em qualquer corpo de √°gua, as hip√≥teses de contamina√ß√£o da √°gua s√£o maiores, uma vez que os produtos residuais do peixe podem ficar na √°gua que, por vezes, √© utilizada para beber pelas pessoas das comunidades pobres. Alguns destes res√≠duos podem entrar nos sistemas de √°gua e podem contaminar a √°gua pot√°vel das habita√ß√Ķes.

Quanto √†s quest√Ķes de sa√ļde, os cr√≠ticos afirmam que alguns produtores de peixe utilizam antibi√≥ticos e suplementos artificiais para acelerar o crescimento do peixe. Al√©m disso, os alimentos para peixes tamb√©m podem ser contaminados com pesticidas e produtos qu√≠micos que se encontram nos alimentos para animais. Isto pode afetar as pessoas que v√£o comprar produtos de peixe cultivados comercialmente.

 

ūüĎé Desvantagem: Impacto na popula√ß√£o de peixes selvagens

Outro inconveniente da prática da aquicultura é a necessidade de alimentar os peixes selvagens com peixes de cultura como o salmão. Os opositores afirmam que é necessário mais do que uma grande quantidade de peixes selvagens para alimentar um salmão para consumo comercial. Isto pode resultar numa diminuição da oferta de peixes selvagens que pode afetar a população, bem como a continuidade da vida marinha.

 

ūüĎé Desvantagem: Requer recursos partilhados

A piscicultura exige determinados recursos que a vida marinha selvagem tamb√©m exige, porque a aquicultura procura reproduzir o ambiente natural. Com o tempo, isto pode criar um conflito nos ecossistemas locais, uma vez que est√£o a ser dedicados mais recursos aos esfor√ßos de piscicultura do que as op√ß√Ķes de captura regulares que t√™m sido feitas tradicionalmente.

 

ūüĎé Desvantagem: Pode criar uma falta de diversidade

Muitos peixes de cultura são libertados na natureza numa certa idade, se não forem criados para se alimentarem. Isto significa que a falta de diversidade dentro da reserva genética das espécies de peixes de cultura pode desenvolver-se com o tempo, à medida que a vida marinha selvagem começa a reproduzir-se com a vida marinha da aquicultura. O objetivo da aquicultura é diminuir a destruição dos habitats naturais, mas pode, em vez disso, apressar inadvertidamente o processo de destruição.

 

ūüĎé Desvantagem: Impacto sobre o ambiente

Os c√©pticos em rela√ß√£o √† aquicultura est√£o preocupados com as altera√ß√Ķes do habitat que √© necess√°rio fazer para construir jaulas e tanques de peixes. Tem havido √°reas com mangais em partes da √Āsia como a China e o Vietname que t√™m sido perturbadas para dar lugar a estas explora√ß√Ķes pisc√≠colas e outros tipos de ind√ļstrias. Com a destrui√ß√£o dos mangais, n√£o haver√° amortecedores para os efeitos das cat√°strofes naturais. Se isso acontecer, a destrui√ß√£o de propriedades e a perda de vidas podem ocorrer durante ciclones e furac√Ķes.

 


Conclus√£o

Os pr√≥s e os contras da aquacultura mostram que pode ser uma pr√°tica muito ben√©fica se as desvantagens puderem ser geridas de forma adequada. Alguns podem acreditar que pode amea√ßar a subsist√™ncia daqueles que pescam para viver, mas, na realidade, muitos projetos de aquicultura destinam-se a salvar a ind√ļstria da pesca tal como a conhecemos, para garantir que haver√° sempre alimentos para p√īr na mesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu coment√°rio!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular Articles