Segunda-feira, Maio 20, 2024

Top 5 This Week

Related Posts

ūüöú As Vantagens e Desvantagens da Agricultura Biol√≥gica

as vantagens e desvantagens da agricultura biológica

Conhecendo os Prós e Contras da Agricultura Biológica

A agricultura biol√≥gica visa alcan√ßar o equil√≠brio entre as facetas f√≠sicas, qu√≠micas e biol√≥gicas do solo, auxiliada pela melhoria do teor de carbono org√Ęnico. Medir, planificar a mudan√ßa e controlar estes tr√™s aspetos d√° uma vis√£o mais completa da fertilidade do solo e um maior grau de controlo sobre o ambiente de cultivo. Em Portugal, embora o consumo de produtos biol√≥gicos tenha crescido, a pr√°tica de agricultura biol√≥gica ainda tem muito que crescer, quando comparada com a Uni√£o Europeia.

Se quiser saber mais sobre a agricultura biológica em Portugal, veja o Documento Oficial da Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica.

Isto, juntamente com as práticas de gestão sustentável, assegura a estabilização dos nossos solos frágeis, semelhante à forma como uma esponja absorve água.

Esta ‘esponja’, armazena e disponibiliza alimentos vegetais, tem maior capacidade de reten√ß√£o de √°gua e melhora o vigoroso crescimento das ra√≠zes. Muitos agricultores esfor√ßam-se para equilibrar os nutrientes qu√≠micos do solo, mas os resultados ficam aqu√©m do esperado sem que eles saibam realmente porqu√™.

A biologia do solo √© crucial para tornar estes nutrientes aplicados dispon√≠veis para a planta e trazer em jogo as inter-rela√ß√Ķes com a qu√≠mica do solo (nutri√ß√£o) e as propriedades f√≠sicas. Ao longo dos √ļltimos 50 anos as nossas pr√°ticas agr√≠colas passadas dizimaram a biologia ben√©fica do solo, deixando os nossos solos sem vida.


Índice


 

Agricultura convencional vs. biológica

 

Agricultura convencional:

  • aplicar fertilizantes qu√≠micos no solo para o cultivo de culturas
  • pulverizar as culturas com inseticidas e pesticidas para evitar que sejam danificadas por pragas e doen√ßas
  • usar herbicidas para parar o crescimento de ervas daninhas

Agricultora biológica:

  • construir o solo com fertilizantes naturais para o cultivo
  • contar com os inimigos naturais das pragas
  • usar a rota√ß√£o de culturas para conservar o solo
  • arrancar ervas daninhas √† m√£o

 

Efeitos Ambientais da Agricultura Biológica no Clima

As altera√ß√Ķes clim√°ticas representam desafios para os agricultores de todas as partes do mundo. As pr√°ticas agr√≠colas convencionais contribu√≠ram para as mudan√ßas clim√°ticas atrav√©s do uso pesado de combust√≠veis f√≥sseis – tanto na fazenda como na fabrica√ß√£o de pesticidas e fertilizantes – e atrav√©s da degrada√ß√£o do solo, que libera carbono. O esgotamento do carbono org√Ęnico do solo atrav√©s da agricultura convencional n√£o s√≥ liberou carbono na atmosfera, como tamb√©m limitou a fertilidade e a capacidade de reten√ß√£o de √°gua dos solos em todo o mundo.

A ado√ß√£o de m√©todos org√Ęnicos, particularmente o plantio direto org√Ęnico, √© uma oportunidade para a agricultura tanto para mitigar as contribui√ß√Ķes da agricultura para as mudan√ßas clim√°ticas quanto para lidar com os efeitos que as mudan√ßas clim√°ticas tiveram e ter√£o na agricultura.boas pr√°ticas org√Ęnicas podem tanto reduzir o uso de combust√≠veis f√≥sseis quanto fornecer sequestro de carbono no solo atrav√©s do aumento do carbono org√Ęnico do solo. N√≠veis mais elevados de carbono org√Ęnico do solo aumentam ent√£o a fertilidade e a capacidade do solo de suportar anos clim√°ticos extremos. A agricultura org√Ęnica depende de formas n√£o qu√≠micas de manter a fertilidade, gerenciar pragas e controlar ervas daninhas, eliminando assim a necessidade de fertilizantes sint√©ticos e pesticidas t√≥xicos.

 

Impactos Ecológicos da Agricultura Biológica

√Č imposs√≠vel discutir os benef√≠cios ecol√≥gicos da agricultura org√Ęnica sem mencionar os efeitos devastadores da agricultura convencional. A agricultura convencional depende de pesticidas t√≥xicos que contaminam o ar, a √°gua, o solo e os seres vivos; a agricultura org√Ęnica n√£o permite o uso de pesticidas t√≥xicos. A agricultura convencional depende de fertilizantes qu√≠micos que demonstraram reduzir a mat√©ria org√Ęnica do solo e contaminar os cursos de √°gua, levando √† eutrofiza√ß√£o e √†s “zonas mortas”; a agricultura org√Ęnica n√£o permite o uso de fertilizantes qu√≠micos e depende de fontes de nutrientes que tendem a ser menos sol√ļveis e mais est√°veis no solo.

Os pesticidas, pela sua própria natureza, matam coisas. Um dos problemas com o uso generalizado de pesticidas tóxicos e sintéticos é que muitas vezes matam não só o alvo desejado da aplicação, mas também outras espécies. Isto ameaça a diversidade das espécies, particularmente as espécies ameaçadas de extinção.

Além de matar organismos não-alvo, muitos destes pesticidas sintéticos têm efeitos negativos na sobrevivência das espécies a longo prazo, porque prejudicam as suas capacidades reprodutivas. Os pesticidas desreguladores endócrinos afetam o equilíbrio hormonal da vida selvagem e dos seres humanos, muitas vezes em doses muito baixas.


‚úĒÔłŹ Vejamos agora as vantagens da Agricultura Biol√≥gica ‚úĒÔłŹ


 

ūüĎć Vantagem: Maior valor nutricial Nutri√ß√£o dos alimentos

O valor nutricional dos alimentos √© em grande parte uma fun√ß√£o do seu conte√ļdo em vitaminas e minerais. A este respeito, √© importante reter que os alimentos cultivados organicamente s√£o dramaticamente superiores em conte√ļdo mineral ao cultivado pelos m√©todos convencionais modernos.

Porque favorece a vida do solo a agricultura org√Ęnica colhe os benef√≠cios que a vida do solo oferece, facilitando grandemente o acesso das plantas aos nutrientes do solo.

Plantas saudáveis significam pessoas saudáveis, e tais plantas melhor nutridas proporcionam uma melhor nutrição tanto para pessoas como para animais.

 

ūüĎć Vantagem: Sustentabilidade a longo prazo

Muitas das mudan√ßas observadas no ambiente s√£o de longo prazo, ocorrendo lentamente ao longo do tempo. A agricultura org√Ęnica considera o efeito a m√©dio e longo prazo das interven√ß√Ķes agr√≠colas no ecossistema agro. Ela visa produzir alimentos enquanto estabelece um equil√≠brio ecol√≥gico para prevenir a fertilidade do solo ou problemas de pragas. A agricultura org√Ęnica adota uma abordagem proativa em oposi√ß√£o ao tratamento de problemas ap√≥s o seu surgimento.

 

ūüĎć Vantagem: Melhora o Solo

As pr√°ticas de constru√ß√£o do solo, tais como rota√ß√Ķes de culturas, interculturas, associa√ß√Ķes simbi√≥ticas, culturas de cobertura, fertilizantes org√Ęnicos e lavoura m√≠nima, s√£o centrais para as pr√°ticas org√Ęnicas. Elas incentivam a fauna e a flora do solo, melhorando a forma√ß√£o e a estrutura do solo e criando sistemas mais est√°veis.

Por sua vez, o ciclo de nutrientes e energia é aumentado e as capacidades de retenção de nutrientes e água do solo são melhoradas, compensando a não utilização de fertilizantes minerais. Tais técnicas de manejo também desempenham um papel importante no controlo da erosão do solo.

O tempo de exposi√ß√£o do solo √†s for√ßas erosivas √© reduzido, a biodiversidade do solo √© aumentada e as perdas de nutrientes s√£o reduzidas, ajudando a manter e aumentar a produtividade do solo. A exporta√ß√£o de nutrientes √© geralmente compensada por recursos renov√°veis derivados da agricultura, mas √†s vezes √© necess√°rio complementar os solos org√Ęnicos com pot√°ssio, fosfato, c√°lcio, magn√©sio e oligoelementos de fontes externas.

 

ūüĎć Vantagem: Qualidade da √Āgua

Em muitas √°reas agr√≠colas, a polui√ß√£o dos len√ß√≥is fre√°ticos com fertilizantes sint√©ticos e pesticidas √© um grande problema. Como o uso destes √© proibido na agricultura org√Ęnica, eles s√£o substitu√≠dos por fertilizantes org√Ęnicos (por exemplo, composto, estrume animal, estrume verde) e atrav√©s do uso de maior biodiversidade (em termos de esp√©cies cultivadas e vegeta√ß√£o permanente), melhorando a estrutura do solo e a infiltra√ß√£o de √°gua.

Sistemas org√Ęnicos bem geridos com melhores capacidades de reten√ß√£o de nutrientes, reduzem grandemente o risco de polui√ß√£o das √°guas subterr√Ęneas. Em algumas √°reas onde a polui√ß√£o √© um problema real, a convers√£o para a agricultura org√Ęnica √© altamente encorajada como medida de restaura√ß√£o (por exemplo, pelos governos da Fran√ßa e da Alemanha).

 

ūüĎć Vantagem: Ar e altera√ß√Ķes clim√°ticas

A agricultura org√Ęnica reduz o uso de energia n√£o renov√°vel, diminuindo as necessidades agroqu√≠micas (estas requerem a produ√ß√£o de grandes quantidades de combust√≠veis f√≥sseis). A agricultura org√Ęnica contribui para mitigar o efeito estufa e o aquecimento global atrav√©s da sua capacidade de sequestrar o carbono no solo.

Muitas pr√°ticas de manejo utilizadas pela agricultura org√Ęnica (por exemplo, a lavoura m√≠nima, o retorno de res√≠duos de culturas ao solo, o uso de culturas de cobertura e rota√ß√Ķes, e a maior integra√ß√£o de leguminosas fixadoras de nitrog√©nio), aumentam o retorno de carbono ao solo, aumentando a produtividade e favorecendo o armazenamento de carbono. V√°rios estudos revelaram que os teores de carbono org√Ęnico do solo sob agricultura org√Ęnica s√£o consideravelmente maiores.

Quanto mais carbono org√Ęnico √© retido no solo, mais o potencial de mitiga√ß√£o da agricultura contra as mudan√ßas clim√°ticas √© maior. No entanto, h√° muita pesquisa necess√°ria neste campo, ainda. H√° falta de dados sobre o carbono org√Ęnico do solo para os pa√≠ses em desenvolvimento, sem dados comparativos do sistema agr√≠cola da √Āfrica e da Am√©rica Latina, e apenas dados limitados sobre os estoques de carbono org√Ęnico do solo, o que √© crucial para determinar as taxas de seq√ľestro de carbono para as pr√°ticas agr√≠colas.

 

ūüĎć Vantagem: Melhoria da sa√ļde humana

Os produtos org√Ęnicos oferecem os produtos mais seguros para o consumo humano em compara√ß√£o com quaisquer outros produtos alimentares dispon√≠veis. Os produtos org√Ęnicos s√£o ricos em nutrientes, cont√™m n√≠veis mais baixos de produtos qu√≠micos e n√£o possuem ingredientes modificados. Al√©m disso, os padr√Ķes org√Ęnicos estabeleceram regulamentos rigorosos para garantir que todos os produtos rotulados como org√Ęnicos sejam verdadeiramente org√Ęnicos na produ√ß√£o e processamento, garantindo que eles estejam livres de componentes qu√≠micos sint√©ticos e tecnologias de produ√ß√£o geneticamente modificadas. Assim, os produtos org√Ęnicos podem melhorar a sa√ļde humana garantindo que os riscos para doen√ßas como infertilidade, c√Ęncer e imunodefici√™ncia sejam minimizados.

 

ūüĎć Vantagem: Sustentabilidade ambiental

Atingir uma tremenda quilometragem de sustentabilidade ambiental √© o sonho de todas as na√ß√Ķes do mundo. Isto pode ser conseguido em parte atrav√©s do uso da agricultura biol√≥gica. Pesquisas revelam que a agricultura org√Ęnica pode fornecer mecanismos impressionantes para o avan√ßo da harmonia ecol√≥gica, da biodiversidade e dos ciclos biol√≥gicos, que s√£o ambientalmente sustent√°veis. Por exemplo, os principais objetivos da agricultura org√Ęnica s√£o a gest√£o e conserva√ß√£o do solo, promovendo o ciclo de nutrientes, o equil√≠brio ecol√≥gico e a conserva√ß√£o da biodiversidade.

Por este motivo, √© evidente que a agricultura org√Ęnica tem o maior interesse em preservar o meio ambiente natural. Al√©m disso, como a maioria dos m√©todos de produ√ß√£o da agricultura org√Ęnica √© eficiente em termos energ√©ticos em compara√ß√£o com a agricultura tradicional, ela economiza energia. O uso de m√©todos naturais no lugar dos qu√≠micos tamb√©m poupa as fontes de √°gua e as terras do mundo da contamina√ß√£o e da polui√ß√£o.

 

ūüĎć Vantagem: Servi√ßos Ecol√≥gicos

O impacto da agricultura biol√≥gica nos recursos naturais favorece as intera√ß√Ķes dentro do ecossistema agr√≠cola que s√£o vitais tanto para a produ√ß√£o agr√≠cola como para a conserva√ß√£o da natureza. Os servi√ßos ecol√≥gicos derivados incluem a forma√ß√£o e condicionamento do solo, estabiliza√ß√£o do solo, reciclagem de res√≠duos, sequestro de carbono, ciclagem de nutrientes, preda√ß√£o, poliniza√ß√£o e habitats. Ao optar por produtos org√Ęnicos, o consumidor atrav√©s do seu poder de compra promove um sistema agr√≠cola menos poluente. Os custos ocultos da agricultura para o meio ambiente, em termos de degrada√ß√£o dos recursos naturais, s√£o reduzidos.

 

ūüĎć Vantagem: Seguran√ßa alimentar

A busca contra a oferta de alimentos sempre foi desproporcional devido aos efeitos das mudanças climáticas e das más práticas agrícolas que provocam uma produção agrícola pobre. Várias pessoas em todo o mundo, enfrentam a fome e carecem de alimentos em quantidade suficiente, pois há uma escassez geral de alimentos seguros e nutritivos para satisfazer as preferências alimentares e as necessidades dietéticas para uma vida saudável e ativa.

Isto significa que muitas pessoas correm o risco de sofrer as consequ√™ncias da inseguran√ßa alimentar. Nos pilares da seguran√ßa alimentar, um estudo recente na Science Digest sublinhou que a promo√ß√£o da agricultura biol√≥gica pode intensificar a produ√ß√£o de rendimento, particularmente nos pa√≠ses pobres, onde os custos para a agricultura convencional s√£o altamente caros, contribuindo assim para o aumento da seguran√ßa alimentar. Isto √© atribu√≠do ao fato de que as plantas de cultivo org√Ęnico s√£o mais dur√°veis, t√™m maior resist√™ncia a pragas e doen√ßas, e s√£o igualmente tolerantes √† seca.

 

ūüĎć Vantagem: Sem venenos

Um grande benef√≠cio para os consumidores de alimentos org√Ęnicos √© que eles est√£o livres de contamina√ß√£o com produtos qu√≠micos nocivos √† sa√ļde, como pesticidas, fungicidas e herbicidas.

Como seria de esperar de popula√ß√Ķes alimentadas com alimentos quimicamente cultivados, tem havido uma profunda tend√™ncia ascendente na incid√™ncia de doen√ßas associadas √† exposi√ß√£o a produtos qu√≠micos t√≥xicos nas sociedades industrializadas.

 

ūüĎć Vantagem: A comida tem melhor sabor

Animais e pessoas têm o sentido do paladar que lhes permite discernir a qualidade dos alimentos que ingerem.
N√£o surpreende, portanto, que os alimentos produzidos organicamente saibam melhor do que os produzidos convencionalmente. O sabor das frutas e legumes est√° diretamente relacionado com o seu teor de a√ß√ļcar, que por sua vez √© uma fun√ß√£o da qualidade da nutri√ß√£o que a pr√≥pria planta tem apreciado.

 

ūüĎć Vantagem: Alimentos Mant√™m-se bons mais tempo

As plantas cultivadas organicamente s√£o nutridas naturalmente, tornando a integridade estrutural e metab√≥lica de sua estrutura celular superior √†quelas convencionalmente cultivadas. Como resultado, os alimentos cultivados organicamente podem ser armazenados por mais tempo e n√£o mostram a suscetibilidade destes √ļltimos ao mofo e apodrecimento r√°pido.

 

ūüĎć Vantagem: Custos mais baixos de implementa√ß√£o

A agricultura org√Ęnica n√£o envolve o uso de agroqu√≠micos caros, pois eles s√£o altamente proibidos. As culturas biol√≥gicas tamb√©m t√™m melhor resist√™ncia a pragas e doen√ßas. Quando estes componentes s√£o combinados, poupam consideravelmente aos agricultores os custos do uso de fungicidas, pesticidas e inseticidas dispendiosos. Os fertilizantes s√£o criados por aduba√ß√£o verde ou compostagem e o rendimento √© aumentado pelo uso da rota√ß√£o de culturas, da cobertura vegetal e da rota√ß√£o do solo. Estas pr√°ticas tipicamente reduzem os custos da produ√ß√£o agr√≠cola e animal, ao contr√°rio do que acontece com as t√©cnicas convencionais de produ√ß√£o agr√≠cola.

 

ūüĎć Vantagem: Suporta os insectos polinizadores

Os agricultores que usam m√©todos org√Ęnicos n√£o usam agentes sint√©ticos como glifosato ou neonicotinoides que criam um alto risco de danos aos insetos polinizadores que suportam os sistemas de cultivo em todo o mundo. Estas subst√Ęncias foram demonstradas por pesquisadores de Harvard como uma das principais causas da Desordem de Colapso das Col√īnias. At√© 40% das col√īnias de abelhas morreram entre 2014-2015 e descobriram que os neonicotinoides, que s√£o os inseticidas mais utilizados no cultivo comercial, foram respons√°veis por seis vezes mais perdas quando comparados ao Nosema, que √© um fungo parasit√°rio.

 

ūüĎć Vantagem: Cria um ambiente de trabalho mais saud√°vel

As comunidades locais, empregados e at√© mesmo os pr√≥prios agricultores n√£o est√£o expostos a produtos qu√≠micos agr√≠colas sint√©ticos quando seguem o processo org√Ęnico. Quando ocorre demasiada exposi√ß√£o, podem ocorrer problemas com toxicidade. As pessoas que entram regularmente em contacto com pesticidas como parte das suas fun√ß√Ķes profissionais sofrem um maior risco de doen√ßas neurol√≥gicas quando comparadas com a popula√ß√£o em geral. Os agricultores tamb√©m podem sofrer de uma variedade de sintomas inc√≥modos, que v√£o desde perda de mem√≥ria a dores de cabe√ßa e fadiga cr√≥nica.

 

ūüĎć Vantagem: Promove uma maior resist√™ncia a pragas e doen√ßas

As plantas mais saud√°veis crescem quando as funda√ß√Ķes do solo que suportam as suas ra√≠zes t√™m um perfil natural de resist√™ncia a doen√ßas. Este processo estimula as plantas a tornarem-se naturalmente resistentes √†s doen√ßas e pragas porque t√™m um perfil imunit√°rio mais forte. Os seus mecanismos de defesa funcionam para repelir os invasores quando existe um n√≠vel adequado de pH e outras condi√ß√Ķes √≥timas presentes, tais como a luz solar e a √°gua. Cria uma parede celular vegetal mais espessa que cria um crescimento mais saud√°vel das plantas em geral.

 

ūüĎć Vantagem: Utiliza fertilizantes naturais para estimular melhores rendimentos

Os agricultores org√Ęnicos n√£o plantam as suas sementes e depois deixam a natureza seguir o seu curso. Eles usam uma variedade de m√©todos de fertilidade do solo que suportam a infraestrutura de crescimento das suas culturas. T√©cnicas como o uso de adubo verde, a cria√ß√£o de vermes, a aplica√ß√£o de composto e a cobertura de culturas ajudam a refor√ßar a estabilidade do solo, ao mesmo tempo que gerem as pragas, ervas daninhas e outros perigos potenciais que os trabalhadores encontram durante a √©poca de crescimento. Cada m√©todo ajuda a manter a produtividade dos campos a longo prazo, ao mesmo tempo, em que incentiva n√≠veis mais elevados de biodiversidade a n√≠vel local.

 

ūüĎć Vantagem: Oferece oportunidades de culturas rent√°veis em nichos de mercado

Uma das vantagens mais significativas da agricultura org√Ęnica √© a oportunidade de come√ßar a diversificar os produtos que s√£o cultivados a cada ano. As fazendas convencionais dependem de culturas de rendimento como uma forma de obter lucros para continuar as suas opera√ß√Ķes. √Č por isso que a soja e o milho se tornam os principais cultivos cultivados nessas instala√ß√Ķes.

 

ūüĎć Vantagem: Combate √† Eros√£o

A agricultura org√Ęnica n√£o s√≥ constr√≥i um solo saud√°vel, como tamb√©m ajuda a combater problemas graves de solo e de terra, como a eros√£o.
Um grande estudo comparando os campos de trigo org√Ęnicos e quimicamente tratados mostrou que o campo org√Ęnico apresentava mais oito polegadas de solo superficial do que o campo quimicamente tratado e tamb√©m tinha apenas um ter√ßo da perda por eros√£o.
Se voc√™ n√£o est√° preocupado com a eros√£o, devia estar. Os problemas de eros√£o s√£o extremamente graves, afetando a terra, o fornecimento de alimentos e os seres humanos. No entanto, as pr√°ticas da agricultura org√Ęnica ajudam a desencorajar a ocorr√™ncia da eros√£o.

 

ūüĎć Vantagem: Incentiva a Biodiversidade

Em geral, quanto mais biodiversidade houver num terreno, mais est√°vel ser√° esse terreno. A agricultura org√Ęnica incentiva a biodiversidade saud√°vel, que desempenha um papel cr√≠tico na resist√™ncia, ou n√£o, de uma fazenda a quest√Ķes como mau tempo, doen√ßas e pragas.
Além disso, a redução da biodiversidade pode estar diretamente relacionada com o aumento de doenças infecciosas, o que, naturalmente, não é bom para as pessoas ou para o planeta.

 


‚ĚĆ Vejamos agora as desvantagens da Agricultura Biol√≥gica ‚ĚĆ


 

ūüĎé Desvantagem: Tamb√©m utiliza fungicidas e pesticidas

A palavra-chave a considerar quando se olha para os processos da agricultura org√Ęnica √© esta: “sint√©tico”. Ainda existem v√°rios fungicidas e pesticidas que est√£o dispon√≠veis para uso quando se seguem processos de agricultura org√Ęnica. O √ļnico requisito √© que o produto tenha que vir de uma fonte natural em vez de sint√©tica. Estes itens ainda s√£o potencialmente nocivos porque requerem aplica√ß√Ķes repetitivas, promovendo o armazenamento do solo dos compostos que podem exceder os n√≠veis de concentra√ß√£o segura em algumas √°reas.

 

ūüĎé Desvantagem: Consome Tempo

√Č necess√°rio muito empenho, paci√™ncia e luta para cultivar de forma org√Ęnica. A agricultura biol√≥gica necessita de uma grande intera√ß√£o entre um agricultor e as suas culturas ou gado. Seja garantindo que as culturas sejam livres de pragas e doen√ßas de forma org√Ęnica ou o uso de m√©todos naturais para controlar ervas daninhas, ou criar animais de forma org√Ęnica, o processo √© altamente demorado.
O agricultor tem de passar a maior parte do tempo, dia após dia, a observar e a satisfazer as necessidades das suas culturas e animais com o máximo cuidado, da melhor forma natural.

Isto faz com que a agricultura org√Ęnica seja mais intensiva em m√£o de obra em compara√ß√£o com a agricultura mec√Ęnica ou qu√≠mica convencional. Maior rendimento pode ser produzido industrialmente em oposi√ß√£o √† √ļnica pr√°tica da agricultura biol√≥gica, devido √† sua natureza demorada.

 

ūüĎé Desvantagem: Nem sempre se afasta das pr√°ticas convencionais anteriores

A transi√ß√£o da agricultura convencional para uma abordagem org√Ęnica √© algo que beneficia a cadeia alimentar mundial, gra√ßas a todas as vantagens envolvidas. Infelizmente, a quest√£o dos qu√≠micos sint√©ticos que permanecem no solo pode existir para os agricultores que mudam as suas pr√°ticas por d√©cadas devido aos seus n√≠veis de concentra√ß√£o. As quintas ainda podem vender produtos que s√£o rotulados como “org√Ęnicos” nesta situa√ß√£o, porque os seus m√©todos atuais seguem as diretrizes publicadas. Os alimentos ainda podem conter quantidades vestigiais de adubos sint√©ticos, apesar da rotulagem e das pr√°ticas envolvidas, devido aos m√©todos de produ√ß√£o anteriores na mesma terra.

 

ūüĎé Desvantagem: Requer mais trabalho do que os m√©todos convencionais

A agricultura org√Ęnica requer muito trabalho f√≠sico para criar uma experi√™ncia de sucesso. Ela precisa de trabalhadores para controlar fisicamente as ervas daninhas e aplicar t√©cnicas de cultivo. Existem maneiras de reduzir esta desvantagem, focalizando a agricultura bio intensiva ou permacultura, mas tamb√©m requer um toque mais pessoal do que o que os m√©todos convencionais de cultivo de dinheiro exigem. Mesmo que voc√™ tome tempo para experimentar diferentes m√©todos de produ√ß√£o, pode levar anos de tentativas e erros para encontrar a melhor combina√ß√£o de m√©todos que maximizem os lucros.

 

ūüĎé Desvantagem: requer conhecimentos espec√≠ficos para ser bem sucedida

Os agricultores org√Ęnicos devem ter uma compreens√£o da ecologia do solo das suas terras. Eles devem saber como desenvolver sistemas naturais que funcionem com o seu clima e culturas. Os agricultores devem investir tempo em aprender sobre as inova√ß√Ķes da ind√ļstria ou encontrar solu√ß√Ķes alternativas porque os sistemas de apoio que ajudam as fazendas convencionais nem sempre est√£o dispon√≠veis. Este processo depende da experi√™ncia dos trabalhadores, pois eles monitorizaram as culturas durante os per√≠odos cruciais de crescimento para garantir que as plantas cres√ßam de forma saud√°vel. Sem este conhecimento e a ambi√ß√£o de aplic√°-lo, este m√©todo n√£o pode ser bem-sucedido.

 

ūüĎé Desvantagem: Os produtos org√Ęnicos s√£o mais caros

Os agricultores convencionais t√™m um mercado definido que lhes permite vender os seus produtos e produtos agr√≠colas. Eles podem enviar para mercearias, ter acesso a um mercado de exporta√ß√£o lucrativo, e ainda alcan√ßar os consumidores locais. Os produtos org√Ęnicos enfrentam um desafio diferente. Mesmo que existam oportunidades para cooperativas agr√≠colas, inclus√£o de mercearias e mercados locais que operam em dias espec√≠ficos, esta ind√ļstria n√£o tem os mesmos n√≠veis de acesso para a venda de produtos na maioria das comunidades. Isso torna dif√≠cil para os agricultores maximizarem o seu potencial de lucro ao vender os seus produtos.

 

ūüĎé Desvantagem: V√°rios desafios de comercializa√ß√£o a considerar

Os alimentos org√Ęnicos s√£o os produtos agr√≠colas mais caros do mercado. Talvez esta seja uma das principais raz√Ķes pelas quais a agricultura org√Ęnica n√£o √© totalmente apoiada, pois n√£o s√£o muitas as pessoas que percebem os seus grandes benef√≠cios. Nos supermercados, por exemplo, vegetais e frutas org√Ęnicos custam de 20 a 40 por cento mais do que o seu equivalente n√£o org√Ęnico. Os consumidores pagam o pre√ßo e esta √© considerada uma das maiores desvantagens dos produtos alimentares de produ√ß√£o biol√≥gica.


 

ūüďĚ Conclus√£o

Os pr√≥s e os contras da agricultura biol√≥gica procuram encontrar um equil√≠brio entre a melhor nutri√ß√£o dispon√≠vel a partir deste m√©todo e os desafios de acesso que os trabalhadores enfrentam quando tentam vender o seu produto aos consumidores locais. Mesmo com o potencial de subs√≠dios e subs√≠dios para compensar alguns dos custos de se tornar um produtor org√Ęnico, as desvantagens encontradas neste setor podem afugentar alguns agricultores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu coment√°rio!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular Articles