O vereador da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Inácio Esperança, eleito pelo MUC – Movimento de Unidade dos Cidadãos do Concelho de Vila Viçosa, está esta tarde a fazer atendimento ao munícipe em plena rua, junto às piscina municipais de Vila Viçosa, como forma de protesto pelo facto de, segundo diz, lhe ter sido “retirada a sala que estava destinada para esse fim”, nas instalações da autarquia.

Ao ´E´, Inácio Esperança explica que a Câmara tomou esta decisão “porque um dia não respeitei a hora exata de atendimento (sextas-feiras entre as 15h e as 16h). Excedi 10 minutos por estar a falar com um munícipe. No site da Câmara retiraram também a minha hora de atendimento, não cumprindo o estatuto da oposição nem permitindo à oposição que exerça o seu trabalho democrático”.

“É uma forma de dizer que a democracia e os ideais de Abril são para cumprir, não apenas nas palavras mas também nos atos”, acusou o vereador da oposição, dirigindo-se ao presidente da Câmara e ao Partido Comunista.

O Jornal E tentou, sem sucesso, contactar o presidente da autarquia, Manuel Condenado.

inacio 2

inacio 3

AC