Decorreu na passada quinta-feira, dia 27, no Clube de Caçadores de Estremoz, a cerimónia de apresentação da 1ª Grande Corrida de toiros à portuguesa do Clube de Caçadores de Estremoz integrada nas festas da cidade.

Na antevisão da corrida tauromáquica, o empresário da empresa ‘Aplaudir’, João Pedro Bolota, que organiza a corrida, garantiu que “todos os condimentos estão montados para que seja uma grande corrida”. Acrescentou ainda que “se com estes condimentos esta corrida não funcionar, não funciona nenhuma”. Por sua vez, o presidente da câmara municipal de Estremoz, Luís Mourinha, mostrou-se satisfeito pelos conflitos com Francisco Cortes estarem finalmente sanados, agradeceu aos patrocinadores e disse acreditar que com este cartel a praça de Estremoz irá encher.

António Teles e João Moura não puderam estar presentes na cerimónia, no entanto, o representante de João Moura disse que “Estremoz tem sido uma terra de triunfos para ele” e também acredita que “estão reunidos todos os condimentos para que a praça esgote”. Por seu lado, Francisco Cortes mostrou-se muito satisfeito por voltar à praça de Estremoz num ano que comemora 20 anos de alternativa. “É uma corrida especial para mim, porque faço 20 anos de alternativa e tinha o sonho de estar presente na praça este ano”. Francisco Cortes deixou também o desejo de que “o público possa corresponder de outra forma este ano”.

A corrida está marcada para dia 5 de setembro na praça de toiros de Estremoz e vai contar com João Moura, António Teles, Francisco Cortes e com os grupos de forcados amadores de Santarém e Alcochete. Além da corrida vai também existir um concurso de ganadarias. Os bilhetes estão disponíveis no Clube de Caçadores de Estremoz, no Posto de Turismo Marquês de Pombal e, no dia da corrida, nas bilheteiras da praça. Os preços vão desde os 10 euros.

A corrida é uma organização da empresa ‘Aplaudir’ e conta com os patrocínios de ‘Auto-Moreira’, ‘Revive Tró-Laró’, ‘Tractomoz’, ‘Messias & Irmãos, Lda.’ e ‘Tiago Cabaço’, além do apoio da Câmara Municipal de Estremoz e CA Crédito Agrícola.