O atleta natural de Arcos trocou o Sporting pelo eterno rival Benfica. O acordo para o jogador representar os encarnados no campeonato nacional de juvenis, em hóquei em patins, foi recentemente firmado.

Luís Cebola, de 16 anos, foi formado nos escalões jovens do CF Estremoz. O hoquista, aluno do 11º ano, vai trocar a pacata aldeia de Arcos por Lisboa, cidade onde irá a residir e estudar, à semelhança do que acontece com João Sardo.

Refira-se que o Braga sagrou-se campeão nacional de juvenis, à frente de Benfica, Sporting e Sanjoanense, respetivamente.

João Sardo continua de águia ao peito

Vou continuar no Benfica”. A garantia foi dada ao ´E´ pelo próprio jogador. Apesar de ter tido propostas profissionais de Paço d´ Arcos e Óquei de Barcelos para jogar na primeira Divisão, João Sardo vai prolongar o vínculo com o cube da Luz.

“Diretamente não fui contactado mas houve propostas. O treinador do Paço d´Arcos falou com o meu treinador e o treinador do Óquei de Barcelos contactou os meus pais. Davam-me casa e ordenado mas o SL Benfica ofereceu-me as mesmas condições”, esclareceu o atleta de Estremoz que quer prepara-se melhor antes de chegar aos seniores: “Ainda tenho mais dois anos de júnior e quero ganhar mais experiência. Se fosse para estas equipas seria para jogar já na primeira Divisão, totalmente profissional. Quero aguentar aqui mais um ano ou dois”.

João Sardo, de 18 anos, concluiu este ano o ensino secundário e vai ingressar na Universidade Lusófona, no curso de Desporto.

Gonçalo Araújo renova pelo Sporting

O internacional português, de 17 anos, renovou contrato pelos leões e vai passar a ser representado pela Gestifute de Jorge Mendes, empresário de jogadores como Cristiano Ronaldo, Pepe , Di Maria ou Falcao.

O futebolista de Estremoz foi promovido aos juniores e vai cumprir a quinta temporada consecutiva ao serviço do Sporting.

Ao ´E´ Gonçalo Araújo disse estar “satisfeito” pela renovação. Recorde-se que o Sporting perdeu o campeonato nacional de juvenis na última jornada da prova, mercê de um empate caseiro (2-2) diante o Vitória de Guimarães, que garantiu assim o título. FC Porto e Benfica foram 3º e 4º classificados, respetivamente.

AC