Reduz o stress. Aumenta a autoestima. Ajuda a reduzir o batimento cardíaco. Melhora a motricidade fina e estimula o raciocínio. Não lhe falamos de nenhum exercício físico nem de nenhuma técnica oriental de relaxamento. Falamos simplesmente de Tricot! Não requer muito material, podemos praticá-lo em qualquer lugar e também não exige aptidões especiais. Apenas com agulhas e lã é possível realizar trabalhos simples e bonitos.

Tudo isto pode aprender no novo livro de Zélia Évora*. Neste livro pode aprender a fazer desde cachecóis, mantas e meias a casacos para pequenos e grandes. Se ainda não sabe tricotar, irá descobrir um novo mundo. Se já sabe,A Terapia do Tricot vai ajudá-lo a aperfeiçoar a técnica, dando-lhe também ideias para trabalhos criativos e originais. Há apenas um senão e impõe-se que o avise:o tricot poderá tornar-se o seu maior vício.

 

* ZÉLIA ÉVORA nasceu no Canadá em maio de 1969. Mãe de duas crianças, Alice de 4 anos e Rafael de 10, faztricot e costura desde os 8 anos. Durante mais de duas décadas trabalhou como administrativa, altura em que se estabeleceu por conta própria, fazendo chapéus e outros acessórios no seu atelier nas Caldas da Rainha. Em outubro de 2013, com Filipe Almeida Santos, criou o «Gang da Malha», cujo objetivo era «assaltar» os cafés da sua cidade com pessoas que faziamtricot, tirando-as de casa para ocupar espaços públicos.