A Feira Medieval de Avis, no distrito de Portalegre, vai recriar, entre sexta-feira e domingo, o período de fundação da vila, com iniciativas no centro histórico da localidade, divulgou hoje o município.

Segundo a autarquia, durante três dias, os visitantes são convidados a entrar numa verdadeira viagem no tempo até ao período medieval, onde centenas de figurantes vão dar vida a personagens do clero, da nobreza e do povo, que se cruzam no ambiente de um mercado da Idade Média.

Além do artesanato, os visitantes têm oportunidade de degustar os sabores inspirados nos produtos e tradições ancestrais, dançar ao ritmo das sonoridades de outras tempos e sentir-se parte da história, ao vivenciar a recriação de episódios que marcaram a construção da nacionalidade.

O programa desta edição da Feira Medieval, que vai ter como palco o centro histórico de Avis, é marcado pela presença assídua de música, danças, lutas e brincadeiras dos saltimbancos, a que se juntam os espetáculos de malabares de fogo, tiro ao arco, torneio a cavalo e diversas teatralizações, que prometem levar os visitantes às vivências de outras eras.

Este evento conta com a presença de alguns produtores locais que vão dar a conhecer ao público “os produtos de excelência do concelho”, que advêm da conjugação da sua riqueza natural com os saberes herdados ao longo das gerações, entre os quais se destacam os vinhos, azeites, compotas e licores.

O município realça que a Feira Medieval de Avis distingue-se dos eventos congéneres pela unicidade e riqueza do espaço arquitetónico em que decorre e pelo rigor histórico das recriações associadas à história de Portugal e à história da Ordem de Avis em particular, em que a figura de D. João I, Mestre de Avis, ocupa lugar de destaque.