O Município de Borba aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para o ano de 2016, que contará com um orçamento de receita de 7,8 milhões de euros e um orçamento de despesa de 7,4 milhões de euros. As Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2016 foram aprovadas por maioria pelo executivo, em reunião realizada no dia 25 de novembro, com votos favoráveis dos eleitos do MUB – Movimento Unidos por Borba e CDU e a abstenção dos eleitos do PS e PSD. Os documentos foram aprovados também por maioria em Sessão da Assembleia Municipal, realizada no dia 18 de dezembro, com a mesma votação, votos favoráveis dos eleitos do MUB – Movimento Unidos por Borba e CDU e a abstenção dos eleitos do PS e PSD.

A elaboração das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2016 surge numa conjuntura de enorme pressão política, social e financeira para o Município, o que implica uma maior responsabilidade municipal no exercício das suas competências e a prossecução das suas linhas estratégicas.

Em 2016 o Município pretende dar início ao primeiro orçamento participativo, apresentando aos munícipes linhas orientadoras e a regulamentação que permitirão a sua participação na escolha de projetos a realizar no concelho.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2016 afirmam a visão estratégica definida para o concelho, assente em quatro eixos fundamentais: emprego e desenvolvimento, aprofundamento da democracia, justiça social e planeamento, ecologia e ambiente.